Parabéns a mim

Hoje, celebro o meu 100º dia de trabalho.

Pensamentos actuais:

- tenho oficialmente menos 25% da felicidade que possuía em Setembro (portanto, se já achavam que eu era azeda, corrosiva ou outro adjectivo igualmente agradável, imaginem agora);
- já só faltam 39 anos e dois terços de trabalho;
- estudar parece, agora, algo utópico e completamente divinal.

Para todos os que diziam/dizem ah isso depois passa, depois habituas-te e começas a gostar: drop dead, please.